Marco Minnemann – Schattenspiel (2016): Experimentação e virtuosismo na bateria
Musicalizando

Marco Minnemann – Schattenspiel (2016): Experimentação e virtuosismo na bateria

Mais um lançamento solo para o ano de 2016 do baterista virtuoso alemão Marco Minnemann, Schattenspiel segue a mesma linha dos álbuns instrumentais do baterista e de artistas do mesmo calibre: dezenas de trechos improvisados, experimentação ao extremo com alguns momentos organizados. Um prato cheio para os amantes do gênero, talvez não tão acessível mesmo … Continuar lendo

Van der Graaf Generator – Do Not Disturb (2016): Seriam os últimos suspiros?
Musicalizando

Van der Graaf Generator – Do Not Disturb (2016): Seriam os últimos suspiros?

  AVISO: Fiquei sem computador na semana passada e estou sem esta semana também. Isso vai atrasar muito o andamento do blog, portanto, peço desculpas pela inconstância. Além disso, estou finalizando alguns projetos que estão me sugando a energia, portanto, assim que possível, voltamos às operações. Depois de um hiato de quase 30 anos e … Continuar lendo

An Endless Sporadic – Magic Machine (2016): Do Guitar Hero ao complexo
Musicalizando

An Endless Sporadic – Magic Machine (2016): Do Guitar Hero ao complexo

De pequenas participações em jogos como Guitar Hero e Tony Hawk, a banda fundada pelos americanos Zach Kamins e Andy Gentile, An Endless Sporadic, entrega um álbum instrumental com dezenas de camadas sonoras e diferentes em cada faixa, criando uma experiência única e orquestrada do começo ao fim, com participações especiais de músicos como Jordan … Continuar lendo

Dream Theater – The Astonishing (2016): Surpreendentemente complicado…
Musicalizando

Dream Theater – The Astonishing (2016): Surpreendentemente complicado…

Na tentativa de emular o sucesso de seu álbum conceitual Metropolis Pt.2: Scenes from a Memory (1999), o Dream Theater criou uma metal ópera com tema futurista distópico, um tema que, assim como a sonoridade histórica da banda, soa complicado, mas entrega exatamente o oposto. O que aconteceu com o Dream Theater do Metropolis Pt. … Continuar lendo

iamthemorning – Lighthouse (2016): Uma combinação não convencional
Musicalizando

iamthemorning – Lighthouse (2016): Uma combinação não convencional

Premiado como o álbum do ano no The Progressive Music Awards 2016, a dupla russa do iamthemorning, juntamente com metade do finado Porcupine Tree e diversos outros músicos combinados dão um novo significado ao rock progressivo, com uma combinação nada convencional com música de câmara. Do anonimato à premiação iamthemorning é uma dupla recente, formada … Continuar lendo