Diário de Bordo

Diário de Bordo 12 – Experiências no OLX

Uma rápida reflexão para começar a semana. Ano após ano acumulamos coisas que compramos, às vezes somente para satisfazer uma necessidade momentânea ou uma experiência que já passou. Essas coisas envelhecem, enferrujam, estragam, mas o dinheiro já se foi. Por isso, todo ano, ou sempre que posso, faço uma avaliação das coisas que possuo e penso:

  • Este item ainda é necessário para mim? – Não
  • Este item pode agregar algum valor no futuro? – Não
  • Este item, que está sem uso, pode ser melhor utilizado por outra pessoa? – Sim
  • Este item tem um “prazo de validade”? – Sim

Se todas as perguntas são respondidas da forma que apontei acima, está na hora de passá-lo para frente. Geralmente roupas eu acabo doando, pois não possuem tanto valor de mercado quanto eletrônicos e colecionáveis, mas o restante provavelmente vai ser passível de venda. Em algum momento de minha vida, tentei usar o Mercado Livre, e ele não me foi muito amigável. Não me recordo o motivo, pois já faz bastante tempo, o que não vem ao caso. Então, em minha primeira experiência, encontrei três plataformas para fazer minhas vendas: Bom Negócio, OLX e uma comunidade da faculdade em que meu irmão estuda. Posteriormente os sites Bom Negócio e OLX se fundiram, agora somente OLX, mas os problemas e as pessoas continuam as mesmas. Tento ser o mais claro possível em meus anúncios, ainda mais no que diz respeito a valores e entrega. Coloco um preço mais barato para não ter trabalho e exigir mais das pessoas que querem comprar, pedindo que busquem o produto ao invés de ter que perder meu tempo indo aos Correios, instituição número 1 em nível de ódio pessoal.

No geral, dos mais de 200 anúncios que coloquei no site, concretizei mais de 75% das vendas, mas muitas delas após muito suor e centenas de mensagens, e-mails e “zap-zaps” respondidos. A parte mais difícil não é anunciar, e sim manter a paciência com as pessoas que procuram os anúncios. Com quase quatro anos de uso, acumulei uma série de situações recorrentes, as quais gostaria de elencar, somente para uma questão de registro pessoal e futuro:

  • “Faz por Mercado Livre?” – O site é OLX, não Mercado Livre. Sei que tem o Mercado Pago e o Mercado Envios, mas está no anúncio “Somente retirada, pagamento no ato”.
  • “Aceita troca?” – Sim, troco por dinheiro, mas também aceito peças de Zombicide.
  • “Envia para CEP XXXXX-XXX?” – Mesmo colocando somente retirada, chove gente pedindo e implorando. Não vale o trabalho de pesar, embalar, calcular frete e ir ao maldito Correio.
  • “Me encontra na linha X do Metrô?” – Tá no anúncio, sem tempo pra isso, só retirada, mas já me pediram pra ir na linha Turquesa, Azul, Vermelha, Verde…
  • “Vende números separados da coleção?” – Pra que eu faria isso? Porque eu me daria o trabalho de desmontar uma coleção completa pra vender UM número e ficar com uma coleção incompleta?
  • “Faz desconto se eu for retirar?” – O anúncio já indica que o produto já está com desconto para retirada, mas pechinchar é a alma do negócio.
  • “Aceita cartão de crédito?” – Pessoa física no OLX com máquina de cartão? Acho difícil ein…
  • “Posso pagar em três vezes?” – Lógico, e eu entrego em três partes também.
  • “Eu até queria, mas to sem dinheiro agora” – Nem preciso comentar…
  • “Dá pra instalar Windows?” – Pergunta em um anúncio de um iMac E em um anúncio de Apple TV.
  • “Também é celular?” – Em um anuncio de uma Apple TV. Apple = iPhone logo, tudo que é Apple é celular…
  • “É tipo um iPhone?” – Mais gênios da Apple TV.
  • “Se você enviasse eu até comprava, mas não vai rolar…” – Cliente depois de 8 dias negociando, só revelando a pegadinha de seu endereço no Pará quando já estava “tudo certo”.

Em contrapartida, o que me faz manter o meu estilo de negócio é justamente o esforço das pessoas em obter o produto. Já tive casos em que a pessoa viajou 350Km (ida e volta somados) só para retirar o produto, pois as condições valiam a pena. Quem quer, vai atrás.

Bom, é isso, mas a propósito, dá uma passada na minha loja no OLX, quem sabe alguma coisa não te interessa?

http://www.olx.com.br/loja/id/91197

Anúncios

Um pensamento sobre “Diário de Bordo 12 – Experiências no OLX

  1. Pingback: OLX | Empreendimentos & Negócios

Comenta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s