Assuntos diversos

Galicia – uma história em quadrinhos à moda antiga

Confesso que poucas vezes apoiei algum projeto por financiamento coletivo, seja ele nacional ou internacional. Tive algumas experiências ruins com esta modalidade por conta da falta de experiência de seus organizadores em realizar toda uma cadeia produtiva da criação a distribuição. Um dos que participei, em 2012 ou 13, já nem me lembro, ainda está em produção, com 3 anos de atraso. Por conta deste fato, sempre que vejo um projeto num Kickstarter ou Catarse, pondero bastante antes de dar a minha contribuição (até porque num Brasil em crise fica difícil comprar tudo o que gostaria).

Recentemente em minha timeline do Facebook me deparei com algumas imagens muito bonitas e detalhadas, feitas aparentemente à mão, ao estilo de um dos meus ilustradores favoritos, Gustave Doré, famoso por suas ilustrações para Dante Alighieri e representações ilustradas da Bíblia.

Ilustração do paraíso por Gustave Doré

Ilustração do paraíso por Gustave Doré

Como pode ver na imagem, que foi feita à mão, antes de 1900, o nível de detalhes é surpreendente. Ponto a ponto o desenho é criado, uma verdadeira obra de arte. Mas voltando ao Facebook, as imagens compartilhadas pelo professor que conheci na PUC, Luís Carlos Petry, do curso de Jogos (o qual em uma oportunidade convidou o pessoal de um de meus projetos, Beyond, para dar uma palestra) não se tratavam de uma arte antiga ou clássica e sim de uma HQ brasileira em processo de financiamento coletivo.

Ilustração de Galicia, por Marsal Alves Branco, fonte https://www.catarse.me/Galicia

Ilustração de Galicia, por Marsal Alves Branco, fonte https://www.catarse.me/Galicia

A HQ Galicia é um projeto pessoal de Marsal Alves Branco, empresário, desenvolvedor de jogos e artista conceitual, o qual empregou basicamente 3 anos de sua vida numa produção de três mil horas, trabalho manual, papel, caneta e nanquim, sem pensar no lucro como principal ponto, mas sim o amor pelo seu trabalho criativo.

Falando um pouco sobre o amor, principalmente no que diz respeito a desenvolvimento de jogos, para conhecer mais sobre o autor, assisti sua palestra na PUC em 2015, também convidado do professor Luís Carlos Petry. Acabei descobrindo que Marsal também criou um curso de jogos na FEEVALE – RS, além de ser pós-graduado na área. No vídeo da palestra a seguir você pode conferir uma série de curiosidades sobre sua produção e sua experiência como empresário e desenvolvedor de jogos.

Este amor por sua profissão, e principalmente o esforço pessoal por Galicia, foi o ponto que me fez ponderar e enfim me tornar mais um dos apoiadores do projeto. A arte obviamente foi a porta de entrada para que eu pudesse descobri-lo, a qual é de extrema qualidade, além da temática metafísica da HQ, mais um ponto que me atraí em HQs como Sandman – Prelúdio, mas é a alma que está no projeto que me trouxe a vontade de me conectar a ele. No vídeo abaixo do autor você pode conferir mais sobre o que a obra representa para Marsal além do que é Galicia em si, nas palavras do próprio autor.

Desde o advento da Internet, o mundo está sobrecarregado de imagens e sons a dois cliques de mouse. Sei que muitos destes artistas amam o que fazem, mas na maioria das vezes este amor pelo seu trabalho não é exposto de uma forma que possamos nos conectar a isto, mesmo que digitalmente. Eu sempre fui e serei a favor da Internet como forma de divulgação da arte, seja ela um texto, um som ou uma imagem, mas ainda sim eu tenho dificuldade em aceitar que este é o mundo que vivemos agora e cada vez mais as pessoas perdem a experiência da arte como uma peça física, a qual você pode tocar, apreciar e guardar sem que ela seja traduzida para bits em telas variáveis.

A sensação, o cheiro, a posse, são pontos que eu ainda tenho por mim, mas de uma forma bem seletiva, até por conta de espaço físico em minha casa. Esta seletividade me levou a Galicia, a qual tem um espaço reservado e especial em minha estante.

Colocando o lado romântico de lado, você pode apoiar Galicia através do Catarse. O valor vai depender da recompensa que você deseja, mas o valor da obra sozinha é de 30 reais, valor compatível com HQs de mesmo formato no mercado nacional. O pagamento pode ser feito até por boleto, o qual é minha preferência devido a facilidade. Se o projeto alcançar 20.000 reais nos próximos 23 dias a contar deste post, o projeto receberá um “upgrade” no material.

Galicia no Catarse: https://www.catarse.me/Galicia

Lembrando que o projeto já está pago, com previsão de entrega para Setembro de 2016 (aí Marsal, Setembro é meu aniversário ein, dia 8, não esquece haha) então não tem risco de dar errado! Tomara que consiga chegar nos 20.000, pois assim, eu, você que pode apoiar e todo mundo que já está dentro só tem a ganhar, além do autor, que merece este devido financiamento.

Update 26/07/2016: Fuck yeah! Galicia foi financiada com 187% de puro sucesso e bateu a meta de 20k estabelecida pelo autor para adicionar conteúdos extras à publicação =D

Um abraço e até mais!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Galicia – uma história em quadrinhos à moda antiga

  1. Puxa G! Nem sei o que te dizer. Então vou me ater a um agradecimento que é de todo o coração. Que bonito descobrir que temos alguma capacidade de movimentar a energia das pessoas. Que poderoso e feliz isso. Obrigado, obrigado, obrigado..

    • Olá Marsal! Agradeço sua presença aqui no Blog e estou torcendo para que o projeto chegue nos 20.000! Faltam 13 dias ainda e está em 16, quem sabe ainda dá tempo. Um abraço!

Comenta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s