Cinemateca

Zoolander 1 e 2 – O peso das participações especiais

De um filme chato que passava na SBT todo mês para algo que me chamou a atenção: este é Zoolander. Como um filme com um humor relativamente sem graça e um roteiro nonsense mal justificado me chamou a atenção? Vamos lá, é pra isso que estamos aqui!

Nome original: Zoolander
Ano: 2001
Genero: Comédia
Duração: 90 minutos
Diretor: Ben Stiller
País: EUA
Trailer: Zoolander – Trailer

Derek Zoolander, interpretado por Ben Stiller, ator, diretor e roteirista da bagaça

Derek Zoolander, interpretado por Ben Stiller, ator, diretor e roteirista da bagaça

Basicamente, Zoolander possui um roteiro simplório. O mundo da moda está prestes a perder um lucro absurdamente alto por conta de novas leis trabalhistas implantadas pelo recém assumido Primeiro Ministro da Malásia. Então, um conselho evil mundial da moda contrata o maluco mais evil do mundo da moda, Mugatu, um estilista famoso e freak pra dar cabo do ministro.

Mugatu, interpretado pelo comediante Will Ferrell e su assistente Katinka, interpretada por Milla Jovovich (a mina do Resident Evil)

Mugatu, interpretado pelo comediante Will Ferrell e su assistente Katinka, interpretada por Milla Jovovich (conhecida como “a mina do Resident Evil”)

Ele então vai a procura do modelo mais imbecil de todos pra fazer uma lavagem cerebral e assassina-lo num desfile de moda. E o modelo, é Derek Zoolander, o modelo mais top do mundo da moda, até chegar seu arqui-inimigo, Hansel, e desbanca-lo.

Hansel, interpretado por Owen Wilson

Hansel, interpretado por Owen Wilson

Até ai, pelo menos pra mim, parece um filme bem bosta, com aquele humor sem cérebro e piadas sem graça, porém o filme me surpreendeu nos primeiros minutos, com as primeiras participações especiais.

Sim, é o Donald fuckin Trump (se você não conhece Donald Trump hoje, por favor, você precisa se informar melhor)

Sim, é o Donald fuckin Trump (se você não conhece Donald Trump hoje, por favor, você precisa se informar melhor)

Ator Christian Slater - quem lembra dele no "O nome da rosa?" e aquela famosa cena de pedofilia UHEuAhueHU

Ator Christian Slater – quem lembra dele no “O nome da rosa?” e aquela famosa cena de pedofilia UHEuAhueHU

Moda - Tommy Hilfiger, não tão fácil de ser reconhecido, mas ele tem uma marca de roupas que custam meu carro

Moda – Tommy Hilfiger, não tão fácil de ser reconhecido, mas ele tem uma marca de roupas que custam meu carro

Música - Spice Girls,

Música – Spice Girls

Atriz Natalie Portman - Padmeeeeeeeeeeeeee

Atriz Natalie Portman – Padmeeeeeeeeeeeeee

Ator Cuba Gooding Jr, antes de cometer suicidio profissional com um monte de filme porcaria

Ator Cuba Gooding Jr, antes de cometer suicidio profissional com um monte de filme porcaria

XABLAU mlk! Nos primeiros 5 minutos de filme você já é metralhado de participações especiais que acrescentam um gostinho diferente ao filme. Ver o Donald Trump foi a parte mais bizarra, situando quem ele representa hoje. E não é só o começo do filme que é cheio de referências. A premiação do Melhor Modelo do Ano, na qual as entrevistas das imagens anteriores estão acontecendo, é recheada com mais celebridades, principalmente do mundo da música. Algumas delas aparecem bem de leve então nem me dei ao trabalho de pegar as imagens, como Liv Tyler ou Heidi Klum.

Música - Sting, o mito

Música – Sting, o mito

Música - Lenny Kravitz, vou citar porque ele tá lá, não curto

Música – Lenny Kravitz, vou citar porque ele tá lá, não curto

Música - Gwen Stefani do No Doubt e Gavin Rossdale do Bush

Música – Gwen Stefani do No Doubt e Gavin Rossdale do Bush

OH MY GOD, FABIO… Ninguém lembra do Fabio...

OH MY GOD, FABIO… Ninguém lembra do Fabio…

Ben Stiller e seu pai Jerry Stiller

Ben Stiller e seu pai Jerry Stiller

Como mencionei, a sequência do filme é bem simples, com um humor nonsense, um monte de piadas aloprando o mundo da moda ou mesmo tirando sarro de alguns atores/músicos, que interpretam a si no filme, numa metalinguagem de referências bem interessante. Quando o filme está perdendo a mão, mais participações especiais são inseridas para equilibrar um filme que acaba se tornando interessante por esse uso contínuo de celebridades.

Cinema - Billy Zane!!! Vulgo vilão do Titanic (o outro vilão, não é o iceberg)

Cinema – Billy Zane!!! Vulgo vilão do Titanic (o outro vilão, não é o iceberg)

Cinema - David Duchovny, o mano do Arquivo X

Cinema – David Duchovny, o mano do Arquivo X

Música - Fred Durst do Limp Bizkit, sdds quando isso era pop

Música – Fred Durst do Limp Bizkit, sdds quando isso era pop

Moda - Paris Hilton, porque fazer referência a ela a qualquer outra coisa que não seja moda é ofender atores e músicos de verdade

Moda – Paris Hilton, porque fazer referência a ela a qualquer outra coisa que não seja moda é ofender atores e músicos de verdade

Música - Lil'Kim, essa mina também sumiu

Música – Lil’Kim, essa mina também sumiu

Música - Lance Bass, vulgo mais um do *NSYNC

Música – Lance Bass, vulgo mais um do *NSYNC

Cinema - Jon Voight, pai da Angelina Jolie e o comediante Vince Vaughn interpretando a família de Derek Zoolander

Cinema – Jon Voight, pai da Angelina Jolie e o comediante Vince Vaughn interpretando a família de Derek Zoolander

São muitas referências, e nem todas estão aqui, mas a mais importante de todas merece um destaque especial, o juiz do desafio da moda, David Bowie. Que sua música eternamente esteja em nossos corações.

Divindade - David Bowie, eternamente

Divindade – David Bowie, eternamente

15 anos se passaram e Ben Stiller juntou a galera toda pra fazer uma sequência que saiu este ano nos cinemas: Zoolander No 2.

Nome original: Zoolander No2
Ano: 2016
Genero: Comédia
Duração: 102 minutos
Diretor: Ben Stiller
País: EUA
Trailer: Zoolander 2 – Trailer

O filme me chamou atenção logo no trailer, pelo uso de Benedict Cumberbatch, um dos atores sensação do momento, num papel bizarro e até mesmo alvo de severas criticas e ameaça de boicote.

Benedict Cumberbatch, interpretando o modelo assexuado bizarro Tudo (em inglês All)

Benedict Cumberbatch, interpretando o modelo assexuado bizarro Tudo (em inglês All)

Obviamente como em toda campanha negativa contra alguma coisa, me chamou a atenção, então acabei dando uma conferida. Não importa qual fosse o roteiro, o filme novamente me ganhou nos primeiros minutos com Justin Bieber sendo FUZILADO. Sim, Justin Bieber, FUZILADO. Meus olhos brilharam.

QUE CENA MARAVILHOSA HUEHAEUHUAEUHEAhuAUHAEHUEAuh

QUE CENA MARAVILHOSA HUEHAEUHUAEUHEAhuAUHAEHUEAuh

E pra melhor ainda mais, já começam mortos Madonna, Demi Lovato, Bruce Springsteen, Usher e YES FUCKING Lenny Kravitz

E pra melhor ainda mais, já começam mortos Madonna, Demi Lovato, Bruce Springsteen, Usher e YES FUCKING Lenny Kravitz

O roteiro do filme é um pouco melhor construído, não entregue de bandeja logo nos primeiros minutos, tem mais mistério, um pouquinho mais de profundidade.

LEVES SPOILERS A FRENTE

No inicio do filme, Derek Zoolander e Hansel estão separados por um acidente, que os deixou fora do mundo da moda e reclusos, até serem contatados por Billy Zane, que representa uma agência de moda que os quer colocar novamente nos holofotes.

Billy Zane ataca novamente

Billy Zane ataca novamente

Em paralelo temos vários sub-plots como Zoolander tentando recuperar seu filho e a morte das celebridades que eu odeio. Logo que o desfile acontece, começam a acontecer os conflitos do filme e é onde se juntam os sub-plots em uma única teia desencadeadas por faces conhecidas.

Os vilões Mugatu (Will Ferrell), Evil DJ (Justin Theroux) e Katinka (Milla Jovovich) retornam

Os vilões Mugatu (Will Ferrell), Evil DJ (Justin Theroux) e Katinka (Milla Jovovich) retornam

Praticamente todos os atores principais do primeiro filme são escalados e acabam tendo alguma participação importante. Vale ressaltar que as referências continuam a cada parte do filme, não deixando o espectador órfão da chuva de referências.

Música - Susan Boyle raivosa

Música – Susan Boyle raivosa

Música - Skrillex, aquele maluco que toca com o MacBook

Música – Skrillex, aquele maluco que toca com o MacBook

Moda - Naomi Campbell, modelo lendária

Moda – Naomi Campbell, modelo lendária

Um dos mano do Jonas Brothers

Um dos mano do Jonas Brothers

Musica - Ariana Grande, nunca ouvi

Musica – Ariana Grande, nunca ouvi

O filme também tem a adição de nomes grandes nos personagens secundários, como Kiefer Sutherland, que faz parte da “orgia” que vive com Hansel e o lendário Sting, que finalmente aparece, com revelações ao estilo “Darth Vader”.

Jack Bauer, Venom "Big Boss" Snake, quero dizer, Kiefer Sutherland

Jack Bauer, Venom “Big Boss” Snake, quero dizer, Kiefer Sutherland

Sting, apenas

Sting, apenas

Como se trata de um filme de moda, tem um monte de gente famosa do meio, as quais muitas eu não reconheci, portanto acabei não colocando por aqui, porém, próximo ao final do filme, grandes nomes do meio aparecem em conjunto, mostrando que eles não estão nem ai se estão zoando deles ou com eles, eles são milionários, foda-se.

Valentino Garavani, estilista italiano, coisa de gente que não lê esse blog do povão

Valentino Garavani, estilista italiano, coisa de gente que não lê esse blog do povão

Tommy Hilfiger, que faz sua aparição desta vez como personagem da trama

Tommy Hilfiger, que faz sua aparição desta vez como personagem da trama

Anna Wintour, editora chefe da revista de rico Vogue

Anna Wintour, editora chefe da revista de rico Vogue

Marc Jacobs, estilista norte americano, famoso por ter sido demitido ao tentar fazer um desfile com estilo "grunge"

Marc Jacobs, estilista norte americano, famoso por ter sido demitido ao tentar fazer um desfile com estilo “grunge”

As revelações são deixadas para o fim, com adição de motivações bizarras, bombas de purpurina e rituais macabros. Sim, tudo isso é Zoolander No2, que muito melhor que o primeiro, porém sem Donald Trump e David Bowie, conseguiu mais uma vez mostrar o poder que boas referências e um exército de participações especiais pode fazer a diferença.

Música - MC Hammer, can't touch this

Música – MC Hammer, can’t touch this

Neil Degrasse Tyson, o cara que quer ser o Carl Sagan cool

Neil Degrasse Tyson, o cara que quer ser o Carl Sagan cool

Música - Kate Perry

Música – Kate Perry

Cinema - John Malkovich, o mito que estrelou um filme como ele mesmo, sobre pessoas que queriam ser ele e ele acaba sendo ele mesmo dentro de um universo pra quem queria ser ele

Cinema – John Malkovich, o mito que estrelou um filme como ele mesmo, sobre pessoas que queriam ser ele e ele acaba sendo ele mesmo dentro de um universo pra quem queria ser ele

O filme em si, assim como o primeiro, não fede nem cheira, não é um filme bom nem ruim. É um filme para passar o tempo, dar algumas risadas e se impressionar com a qualidade das participações especiais. Se você reconheceu alguma destas feras deste post, recomendo que assista o filme só pelo prazer de (re)vê-las inseridas no universo bizarro da moda de Derek Zoolander.

Um abraço e até a próxima!

Magnum, fuck all

Magnum, falou galera, fui

Anúncios

Comenta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s