Falando sobre Mangá

Mangás Nacionais – Parte 5 de 5: Publicações independentes na net

Mangás Nacionais Parte 5

Finalmente chegamos à última parte deste mega post de apreciação à obras de mangá brasileiras! Passamos pelo auge do final dos anos 90, começo dos anos 2000, o pico, a queda, o retorno, as compilações, publicações em banca, enfim, deu pra perceber que tem muito material bom por ai, de qualidade. Esta é apenas a ponta do iceberg, no qual muitas outras obras de qualidade devem estar ocultas, esperando para serem divulgadas ou encontradas. Esta última parte do post fala de algumas obras que encontrei pelo caminho, independentes, que estão sendo ou foram publicadas em formato digital. A leitura destas obras está aberta, esperando você. Bora descobri-las?

Em busca do poder - Vários autoresEm busca do poder

Ano: 1995 (!)
Publicação digital
Link: http://www.embuscadopoder.com/index/index.html – Nota 2016: Acho que o site foi invadido…

Quando encontrei o projeto Em busca do poder, no inicio fiquei um pouco assustado, por não conhece-lo, principalmente por conta da idade do projeto, que começou em 1995! Eu tinha 6 anos! O projeto foi finalizado em 2011, com seus 16 anos, com mais de 1000 páginas de material produzido, entre volumes, lendas, contos, uma enciclopédia própria com mapa interativo, um sistema de RPG e muito, mas MUITO material, tudo disponível de graça. Tá certo que a equipe liderada por Jorge Luiz Silveira é grande, me senti pequeno perto do projeto dos caras. O projeto dos caras tem a mesma origem que o Beyond Project tem, uma história gerada a partir de partidas jogadas com um sistema de RPG próprio. Um projeto desta magnitude tem que ser divulgado, merece ser divulgado, pois é uma obra única, grandiosa, completa. Também dei uma conferida no trabalho do autor, Jorge Luiz Silveira, em seu site oficial. É de deixar o queixo caído, principalmente os concepts do Carnaval do Rio de Janeiro. Sem precedentes. Só vendo pra entender.

Mercenários - Vários autoresMercenários (Psykhé) de Fran Briggs

Ano: 2008
Publicação digital
Link: http://www.mercs.com.br/

Uma obra que descobri ao explorar as indicações de meus parceiros, Mercenários possui um roteiro que promete, com a arte maravilhosa de Claudia Medeiros. A história se passa no mundo de Psykhé, um cenário medieval, e infelizmente ficou incompleta. Quis mencionar pois as páginas publicadas online, tanto nível da arte quanto do storyboard, são de extrema qualidade. Quem sabe um dia…

Nova Ventura - Vários autoresNova Ventura

Ano: 2010
Publicação digital
Link: http://nventuraproject.blogspot.com.br/

Lembro-me que em 2010, procurava por mangás com magia, inspiradas em universos medievais (ou próximo a isso, como Fairy Tail), encontrei Nova Ventura, cheio de criaturas místicas, guerreiros, poderes, dragões. O mangá teve alguns capítulos publicados e então entrou no eterno hiato. O site oficial tem uma série de informações, mas os links para os capítulos estão fora do ar. Encontrei um link no Central de Mangás que tem até o capítulo 10 online e acredito que o projeto não saiu muito isso.

Pirates! - Yuri LandimPirates! de Yuri Landim

Ano: 2008
Publicação digital
Link: http://www.pirates-tales.com/

Mais loko que o Batimá, Pirates é um mangá online publicado em páginas individuais no site oficial, por Yuri Landim. A história acontece ao redor da pirata Marina e sua tripulação doidera. O mangá já possui 280 páginas, divididas em arcos, que podem ser lidos no site ou baixados. A obra está parada desde Julho e, de acordo com a página oficial do Facebook, não tem data pra voltar (pelo menos até 11/2014). A arte só melhorou, ficando bem próximo a mangakás Naoshi Komi e Yabuki Kentaro. Tem muitaaaaa ilustração animal no site oficial, recomendo dar uma conferida na galeria. Também tem mais no Deviant Art do autor. O autor fez parte da compilação Conexão Nanquim, mencionada aqui no blog, e espero que não tenha sido pego na onda de hiatus que nunca voltam. #voltapirates!

RAFE - Daniel DiasRAFE de Daniel Dias

Ano: 2008
Publicação digital
Link: http://rafeproject.com/

Parceiro aqui do blog, o RAFE é um projetasso, não é um projeto. A história se passa no planeta RAFE, com uma tecnologia única e mil aventuras e tretas, ao redor do personagem Du Schellen. Além da webcomic, o autor produz animações, sim, episódios da obra, animados (respect!)! Uma iniciativa sem precedentes. Além disso, o site conta com mini-games, videos, tutoriais e uma cacetada de material do projeto. O projeto já está no ar desde 2008 e pelo animo do autor, está longe de acabar, pois a produção está a todo vapor. A página do Facebook do projeto sempre tem atualização.

VAN Comics - Ricardo MangoVAN Comics de Ricardo Mango

Ano: 2012
Publicação digital
Link: http://vancomic.blogspot.com.br

Conheci o VAN por causa da Conexão Nanquim e fiquei fascinado com a ideia: um mundo onde a pintura tem poder. Somado a arte de Ricardo Mango, a obra é sensacional, pena ter pouquíssimos capítulos disponíveis. O mangá está traduzido para idiomas como inglês e coreano e repito, a arte do Ricardo é animal. Recomendo dar uma checada na página pessoal do desenhista e as ilustrações surreais do cara. Além disso, confere ai a página do Face!

XDragoon - Felipe MarcantonioXdragoon de Felipe Marcantonio

Ano: 2008
Publicação digital
Link: http://www.xdragoon.com/

Fanzine do guerreiro Felipe Marcantonio, com 28 capítulos publicados ao longo de 6 anos, mais 3 extras e um spin-off (XDragoon: Rockstar), a história dos dragões Rocky e Alfred merece a sua atenção. O autor toca a história sozinho desde 2008 e pretende até começar uma nova série em 2015: Fred Guará – The Lobo Loco. Sempre com personagens antropozoomórficos (caraca falei bunito), a arte do autor de Boituva – SP mescla o traço do mangá com o traço americano de HQs mais antigas, como as do Sonic the Hedgehog. Além do site oficial do XDragoon, que tem ilustrações, videos, animações, você pode conferir mais ilustrações no Deviant Art de Marcantonio. E não esqueça de conferir a página do Facebook do XDragoon, que sempre tem prévias de artes, páginas e material exclusivo.

Gungnir de Douglas Evangelista de SouzaGungnir de Douglas Evangelista de Souza

Ano: 2008
Publicação digital
Link: http://issuu.com/kairasensui/docs/gungnir_-_douglas_evangelista_de_so

Gungnir é um fanzine antigo do professor Douglas Evangelista de Souza, da escola de mangá Spirit Art School (minha antiga escola de mangá \o/).  O material está exclusivo aqui no blog, autorizado pelo próprio (valeu man!). Fiz questão de divulgar o fanzine por aqui pois acho seu traço e construções de cena e storyboard surpreendentes. O fanzine mostra a história de Cyan, um maluco perdido no deserto que é capturado por um grupo de mercenários mais malucos chefiados por uma mina ainda mais maluca (com a cena do panda que me fez rir alto hahaha). Uma nova versão do fanzine foi começada em 2011 e, apesar de não ter sido concluída, seguem abaixo algumas páginas não finalizadas só para ter uma amostra do que estava por vir, naquela época.

Gungnir de Douglas Evangelista de Souza Gungnir de Douglas Evangelista de Souza Gungnir de Douglas Evangelista de Souza Gungnir de Douglas Evangelista de Souza

Atualmente Douglas faz parte da equipe da JBC, trabalhando na arte dos mangás que você lê da editora, além de professor e faz tudo em sua escola de desenho, a Spirit Art School, que possui 4 unidades na região do grande ABC. Pra conferir mais sobre a escola, dá uma olhada ai na página oficial do Facebook dos caras. Não tive a oportunidade de ter aula com ele, mas o pouco que tive contato nesse sentido posso garantir que o cara manja e sabe como passar isso adiante. Mais ilustrações? Deviant Art aqui!

Ladies Profile - Chris NevesLadies Profile de Chris Neves

Ano: 2011
Publicação digital
Link: http://chris7hollywood.deviantart.com/gallery/34777476/Fanzine-Lades

Camarada de projetos (passados e futuros), Chris tem um traço único, que cada vez mais caminha para o detalhismo, angulação e beleza de mangakás como Oh Great. Em 2011, mesma época em que nossa camarada Frank William (abaixo) publicou o fanzine Blood Crystals, Chris publicou o fanzine Ladies Profile, uma história mil tretas com mercenárias em um mundo cyberpunk muito maluco. O fanzine está disponível (infelizmente) parcialmente no Deviant Art do desenhista, mas já dá para ter uma noção da arte do camarada. Chris fez parte do projeto Beyond juntamente com Frank William, auxiliando na construção de concepts, previews e imagens para divulgação.

Blood Cristal - Frank WilliamBlood Crystals de Frank William

Ano: 2011
Publicação digital
Link: http://mangaproject.xpg.uol.com.br/Lista/mangas/159-blood-crystals

Fanzine de Frank William, desenhista parceiro do projeto Crônicas de Szaksia, aqui do Blog, Blood Crystals foi publicado em 2011, contando a história de Asgard, um dos guardiões dos artefatos chamados cristais de sangue, que luta para defende-los de seres que querem dar um perdido nestes artefatos poderosos. Só de reparar no banner do site oficial, dá pra sentir a evolução na arte de Frank (e também a mudança do nome – Blood Crystals, do logo…), que não para de melhorar. Conheci o Frank durante o período que ele fez parte do projeto Beyond, fazendo ilustrações de concept, ilustrações para o site oficial do projeto e até algumas páginas de preview. Para acompanhar mais ilustrações desse carinha, curte ae a página oficial no Facebook.

SF Kiseki - Caio Catarino e Chucky VileSF Kiseki de Chucky Vile

Ano: 2009
Publicação digital
Link: http://momantaimanga.blogspot.com.br/2009/10/sf-kiseki.html

Da série de histórias que conheci por conta de conhecer o desenhista primeiro, SF Kiseki é um mangá Ecchi, desenhado por Chucky Vile, desenhista de Cotia – SP e seu roteirista Caio Catarino. Entre os anos de 2009 e 2011, a dupla publicou online incríveis 57 capítulos e 3 especiais, da história de Namiki Denji, um moleque no colegial que está em num dilema cruel em se declarar para duas garotas. O problema é que do nada sua neta vem do futuro e quer conhecer a avó, mas o moleque num sabe nem pra quem vai se declarar! Mil tretas, comédia e muitas garotas cruzam a história de Namiki. Infelizmente o mangá não foi completado e não tem data pra voltar, porém, em 2014, em seu Deviant Art, o desenhista colocou uma arte que deixou os fãs da história na dúvida. Será?

Ganbaru! Otaku Lifestyle - Fabio SakudaGanbaru! Otaku Lifestyle de Fabio Sakuda

Ano: 2012
Publicação digital
Link: http://www.genkidama.com.br/xil/ganbaru-otaku-lifestyle/

Ganbaru! era uma webcomic publicada no Blog do XIL, de Fábio Sakuda, o qual já citei várias vezes aqui no blog com suas matérias de altíssima qualidade. Para o autor, a ideia da webcomic era fazer algo simples para colocar no ar, uma história slice of life que conta sobre a vida de três amigos que curtem o universo de animes e mangás, Luiz, Rafa e Takeru, um jogador de futebol que está começando sua carreira, um otaku que está tentando encontrar seu lugar no mundo e um músico lutando para colocar sua banda de garagem pra frente. A história era bem engraçada e, apesar dos traços sem finalização, era o suficiente para toca-la. O único problema é que os links da história aparentemente estão fora do ar (pelo menos aqui pra mim nada carrega) …  Tentei contato pelo e-mail do Sakuda e não consegui retorno (apesar que o e-mail nem era pra falar sobre isso). Ainda sim, vale a pena cita-la, vai que ela volta pro ar…
Geovanna e o forninho - KazumiGeovanna e o Forninho de Kazumi Takashi

Ano: 2014
Publicação digital
Link: http://mangaproject.xpg.uol.com.br/Lista/mangas/1375-geovanna–forninho

Aproveitando a zoeira de um dos vídeos mais engraçados deste ano “Eita, Geovanna” (assista aqui), a ilustradora que atende pelo nome de Kazumi Takashi (não sei se este é seu nome verdadeiro, além de que alguns lugares lista como Takahashi) aproveitou e fez uma história curta, em formato de mangá, ao melhor estilo nonsense japonês, colocando Geovanna para se apaixonar pelo forninho. A ideia ficou bizarramente engraçada e acabou que conheci outros trabalhos da autora, em seu site oficial.

Beyond Project - Igor Damini, Gusta e gansosBeyond de Igor Damini e Gusta(vo Lopes)

Ano: 20xx
Link: http://www.beyondproject.com.br

Para finalizar o post, já deixo aqui um mangá do futuro (eu espero mesmo que saia no futuro hahaha)! O Beyond Project, o qual sempre acabo citando aqui no blog, é um projeto de obra idealizado por Igor Damini e com co-autoria de Gusta (eu), baseado em uma partida de RPG que foi jogada durante 10 anos, entre 1990 e 2000. A ideia foi adaptada, readaptada, trabalhada, retrabalhada e ainda está em adaptação, porque é tanta informação que chega a ser quase impossível condensar e organizar. Bom, fica ai uma prévia que fizemos para apresentar no Up!ABC! Torçam por nós e pra conhecer mais do projeto, acessa ai o site oficial!

Beyond Project - Página Piloto

 

Bom, é com muito orgulho que termino esta série de posts com tantas ótimas obras produzidas em nosso país. É importante que valorizar o que é produzido aqui no Brasil e dar apoio aos autores, pois como pudemos ver, artistas extremamente talentosos e histórias únicas tentaram vingar e não conseguiram, não foram sustentáveis ou simplesmente acabaram sem maiores explicações. Ainda sim, existem obras que perduram e batalham seu lugar ao sol, competindo com obras de países que produzem 10, 1000 vezes mais do que aqui.

Fico por aqui com esta singela homenagem e divulgação a estes projetos e espero cada vez mais poder colocar aqui novas obras!

Um abraço e fui!

Leia aqui as outras partes: Parte1, Parte 2, Parte 3, Parte 4

Fontes das ibagens: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13

 

Anúncios

3 pensamentos sobre “Mangás Nacionais – Parte 5 de 5: Publicações independentes na net

  1. Adorei está série de posts,que mostram a trajetória do manga brasileiro(Que eu gosto de chamar de Bangra,pois,coreano tem manwha,estadunidence comic e japonês manga…o Brasil Bangra!(^_-).

    Eu entrei no deviantart do artista de sf kiseki,e ele me respondeu o seguinte:

    “Muito obrigado!

    Pretendo refazê-lo logo mais. Aguardemos um relançamento com qualidade ainda melhor!”.

    Expectativas altas,mas…vamos ver ne?!:))—{—(

  2. Gusta, sou o Max autor do Tools Challenge. Parabéns pelo belo levantamento que vc fez sobre as obras nacionais. Mostra que vc conhece muita coisa e lembrou de muitos trabalhos.

    Gostaria de sugerir uma parte extra, falando sobre a atuação e conquistas dos brasileiros fora do Brasil.
    Temos vários vencedores e finalistas de concursos internacionais. Os que conheço são o Cassaro e a Awano com Holy Avenger no International Manga Awards; o Luis Felipe Garrocho e Eduardo Damasceno (autores da graphic MSP do Bidu) no Concurso da Morning com um trampo que chama Kami no Kami; o Ricardo Mango (Manguinha) também no concurso da Morning com Over the Rainbow; O Welington Reis (Ichirou) com o Father’s Gift no Silent Manga Audition.
    Além disso tem a produção da Awano no exterior, o Hero Party da Horita com o Cassaro e mais coisas de fora. Acho legal colocar também o Kamiya Yuu e seus mangás no japão!

    Abraço!

Comenta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s