Falando sobre Mangá

Referências de outros universos em mangás – One Piece

Começarei este texto repetindo uma frase que coloquei no primeiro post deste blog: Usar referências de filmes, jogos, pessoas, culturas entre outras fontes para fazer um mangá ou mesmo desenhar um personagem é uma técnica totalmente válida, principalmente se você souber isso de forma bem sutil ou inteligente (ou mesmo levar muitos anos para alguém sacar a sua inspiração para fazer aquele personagem). Este texto não é para incentivar a você a fazer isso, mas para mostrar mais uma vez como isso é usado, e dessa vez em uma obra nem um pouco desconhecida: One Piece.

Uma imagem bem loka pra começar

Uma imagem bem loka pra começar

Depois de ficar imerso no universo de One Piece lendo lendo os 712 capítulos disponíveis em uma única semana, posso afirmar que Eiichiro Oda é um genio em diversos aspectos. Falar sobre One Piece agora seria como transformar meu blog em um pequeno livro, devido ao número de análises que acabei fazendo enquanto li, portanto somente citarei um único assunto hoje: referências. Pesquisei em muitas fontes BR e gringas e muitas das minhas impressões acabaram batendo com algumas coisas escritas por ai.

Quero deixar bem claro que este post indifere se eu gostei ou não da obra, pois deixarei meu lado fã de lado para falar sobre o que encontrei ao longo dos capítulos e nas pesquisas. Tentei colocar o post em uma ordem cronológica, pois tem um número enorme de SPOILERS. As imagens deste post NÃO ME PERTENCEM porém são tantas que vou citar uma única fonte para não deixar o post ainda maior: GOOGLE IMAGES.

O post é grande e está dividido em 6 partes, portanto fique a vontade para colocar em seu favoritos e ler com calma cada parte. Ok, vamos lá.

[1] COMEÇANDO

A primeira referência que notei foi na introdução do personagem Usopp. Nota-se claramente a referência mesclada de dois contos infantis: a referência visual e alusão ao Pinocchio e a semelhança com fábula do Menino que Mentia. As duas fábulas falam sobre um personagem mentiroso, tema do estereotipo inicial do Usopp. O elemento principal do Pinocchio em relação da mentira, o nariz, é característica principal física do personagem de One Piece. A fábula do Menino que Mentia, para quem não conhece, conta sobre um garoto que sempre mentia sobre um lobo comendo as ovelhas da aldeia e dava risada das pessoas que largavam suas coisas para verificar o suposto massacre, até que um dia um lobo realmente apareceu, acabou com o rebanho, deixando o garoto chorando amargamente, vendo tudo, sem poder fazer nada, além de ter perdido a confiança de todos. Deja vu? A forma como o personagem Usopp é apresentado somente muda a mentira “lobo comendo ovelhas” por “piratas invadindo a vila”.

Pinocchio, Usopp e uma ilustração maneira do conto. Minha mãe me contou esse quando eu era pequeno HUEEHUheu

Pinocchio, Usopp e uma ilustração maneira do conto. Minha mãe me contou esse quando eu era pequeno HUEEHUheu

Nessa mesma fase do mangá, são citados temas semelhantes a outros contos infantis de forma mais sútil, porém um personagem ainda mais notável acabou marcando o inicio dessa leitura: Michael Jackson, quero dizer, Jango. A forma como ele segura o chapéu e o Moonwalk somente afirmam a presença do finado “Rei do Pop” no mangá como inspiração de design e trejeitos. Encontrei algumas pessoas dizendo que ele parece o Steven Tyler do Aerosmith, e realmente, tem seu mérito.

Tio Michael Jackson, Jango e Steven "bocão da Royal" Tyler, todos segurando seus chapéus

Tio Michael Jackson, Jango e Steven “bocão da Royal” Tyler, todos segurando seus chapéus

Depois de ter notado essas primeiras referências, voltei um pouco o roteiro para checar a história do cachorrinho Chouchou, aquele que ficou dia e noite, sem se mover, como guarda de um pet-shop, esperando seu dono, que nunca voltou. Pois é, existe uma história real muito semelhante a esta que ocorreu no Japão, a história de Hachiko. Nesta história, um cão da raça Akita nascido em 10/11/1923, na cidade de Odate, acompanhava diariamente seu dono, Hidesaburo Ueno, até a estação de trens de Shibuya, utilizada por Ueno para ir até a Universidade de Tóquio. Hachi geralmente esperava seu dono na estação todo o dia, o que impressionava os transeuntes, até que Ueno sofreu um AVC na universidade em 1925 e nunca mais voltou. Hachi foi enviado para viver com parentes de Ueno, porém o cachorro sempre fugia e voltava para Shibuya, esperando o dono na estação, até não aguentar mais. Durante nove anos, Hachi aparecia ao final da tarde, para aguardar o desembarque… A história resultou em várias publicações e inclusive uma estátua do cachorro na estação. Quanto à aparência do cachorro, me lembra profundamente o Milou, parceiro de Tintin. Recentemente tivemos a adaptação da história no cinema americano, o filme “Sempre ao seu lado” com Richard Gere (original: Hachi, A Dog’s Tale – link para o trailer do filme).

Milou do Tintin, Chou Chou e a estátua do Hachiko na estação em Shibuya

Milou do Tintin, Chou Chou e a estátua do Hachiko na estação em Shibuya

Em questão de nomes, voltando a vila de Usopp, temos o trio Tamanegi, Ninjin e Piiman, que significam Cebola, Cenoura e Pimenta. Na Ilha dos Animais Raros, temos um carinha muito bizarro, chamado Gaimon, lembra o cara que entalou dentro de um baú? O que pouca gente notou é que na capa do capítulo 620 existe uma personagem chamada Sarfunkel, que somente aparece nesta cena, para completar o trocadilho usado por Oda no nome dos personagems Ga imon e Sa rfunkel -> Simon e Garfunkel. Paul Simon e Art Garfunkel são uma dupla de músicos fenomenais (link para minha música preferida deles). Além disso, acabei descobrindo que o nome Roronoa Zoro foi inspirado no nome de um pirata real, François l’Olonnais.

Olha os belos da dúpla e a única imagem de Sarfunkel (junto com Gaimon)

Olha os belos da dúpla e a única imagem de Sarfunkel (junto com Gaimon)

Em Little Garden, temos os gigantes Dorry e Brogy. Além da temática nórdica, os dois tem seus nomes inspirados tem dois lutadores de luta-livre – Dory Funk Jr e Bruiser Brody, que, por sinal, já estiveram dentro de um mesmo ringue (link para a luta).

Em Whiskey Peak, será um Chocobo? Brinks hahaha.

Pega o Cloud agora, Vivi e Carue!

Pega o Cloud agora, Vivi e Carue!

[2] ALABASTA E SKYPIEA

Em Alabasta podemos dizer que as referências do cenário foram retiradas de contos como Ali Babá e outros contos estilo árabe dos anos 90 para trás? Não sei, mas tive apenas uma leve impressão. O que não dá para não notar é a menção de vários elementos e nomes egipcios como Nefertari, Alabasta (que vem de alabastro, mineral comum do Egito antigo), o rio Nilo vs rio Sandora, a arquitetura, geografia, Chaka e Pell provindos da referência dos deuses egipcios Anubis e Horus (além da aparência antropozoomórfica de ambos).

Rio Nilo e Rio Sandora, ambos dividindo a terra

Rio Nilo e Rio Sandora, ambos dividindo a terra

Anubis, Horus, Shaka, Pell. Faltou Mumm-Rá no OP ein?

Anubis, Horus, Shaka, Pell. Faltou Mumm-Rá no OP ein?

O nome da ilha Jaya pode ser inspirada na ilha de Java porém há outras referências que encontrei mencionando o nome antigo da ilha de Papua, Irian Jaya, modificado em 2003. Já a ilha de Shandora, da saga de Skypiea, pode ser comparada com o velho mito das cidades de ouro que foi trazido de volta dos americanos pelos colonizadores europeus, especificamente a cidade de El Dorado. Ainda referente á esta parte do roteiro, o retrato dos Skypieans é semelhante ao mesmo retrato de colonizadores brancos que viajaram para a América e se depararam com os índios nativos americanos. Como os colonos brancos, os Skypieans tomaram dos Shandians sua terra natal.

El Dorado e Shandora. Eu curtia esse desenho do Eldorado hahaha

El Dorado e Shandora. Eu curtia esse desenho do Eldorado hahaha

Nesta saga temos mais um conjunto temático de nomes, os sacerdotes vs nomes Hindus e Budistas:

  • Shura: Ashura – Na mitologia Hindu, eram demônios que lutaram com o Deus Budista Taishaku. Na budista, é o quarto mau caminho da vida, junto com Inferno, Fome e Animalidade.
  • Satori: Termo Budista para iluminação interior.
  • Gedatsu: Palavra japonesa para Moksha, que na tradição Budista e Hindu é a liberação da alma.
  • Ohm: Om – Silaba sagrada do Hinduismo a qual geralmente começam os mantras. Também pode ser referência ao Enel, ohm – unidade de medida para resistência elétrica.

Ainda nos nomes temos a força especial dos “White Berets” ou Boinas brancas, que fazer alusão aos “Green Berets” ou Boinas verdes. O deus Ganfall pode ter design baseado em Don Quixote de la Mancha. O fato de outro personagem utilizar este nome como referência me confirmou ainda mais a possibilidade.

Don Quixote e Ganfall

Don Quixote e Ganfall

E por fim em Skypiea, temos o vilão Enel, que possui o mesmo nome de uma empresa de eletricidade (fonte de seu poder) da Itália, Enel S.p.A. (Ente Nazionale per l’energia ELettrica). Muitas fontes na internet acham que sua aparência é baseada no cantor Eminem. Eu já acho que elementos como a orelha e o arco foram inspirado na figura do Buda, casando com as referências budistas já usadas na saga.

Eminem, Enel e Buda e sua orelha. A do Eminem achei sacanagem...

Eminem, Enel e Buda e sua orelha. A do Eminem achei sacanagem…

Um item mostrado ao longo da obra são os “Poneglifos“, que parecem ter como a maior influência, os hieróglifos. Assim como em One Piece, os hieróglifos eram registros intraduzíveis de uma civilização que sumiu da face da Terra (assim como o conhecimento para traduzi-los), até que a pedra de Rosetta foi encontrada,  auxiliando no entendimento do significado dos símbolos.

Uma parede de hieróglifos (como é conhecida a minha letra de mão) e um bloco de poneglyphs.

Uma parede de hieróglifos (como é conhecida a minha letra de mão) e um bloco de poneglyphs.

Agora vamos falar do Shichibukai. Todos os nomes dos Shichibukai fazem alusão direta ou indiretamente ao nome de um animal:

  • Crocodile: Crocodilo (darr!!)
  • Donquixote Doflamingo: Flamingo (hahaha darr [2]!)
  • Boa Hancock: Boa = Boa Constrictor = Jibóia, não tão óbvio
  • Gecko Moria: Gecko = Espécie de lagarto
  • Bartholomeu Kuma: Kuma = Panda em japonês
  • Mihawk: Hawk = Falcão em inglês
  • Jinbei ou Jinbe: O menos óbvio de todos, vem de Jinbei Shark ou Jinbe-zame, uma espécie de tubarão-baleia cujo padrão de listras é semelhante ao comum visto nos Jinbeis, vestimenta tradicional japonesa.

Quanto ao design de cada um, não encontrei referências para todos eles, mas algumas no mínimo interessantes:

Crocodile: Qual foi o animal que arrancou fora a mão do Capitão Gancho? Que personagem do One Piece tem um gancho na mão?

Capitão Gancho e o crocodilo que provavelmente serviu de base para os de Crocodile, suave na foto

Capitão Gancho e o crocodilo que provavelmente serviu de base para os de Sir Crocodile, suave na foto

Donquixote Doflamingo: Sua aparência lembra o cantor francês Michel Polnareff.

HAHAHA olha a pinta desse maluco!!!

HAHAHA olha a pinta desse maluco!!!

Boa Hancock: Há pessoas fervorosas na internet que tem certeza de que o rosto dela foi baseado na atriz Sora Aoi, a qual um forúm japa diz que Eiichiro Oda é fã. Sei lá…

Essas fotos favorecem vai...

Essas fotos favorecem vai…

Dracule Mihawk: Mais uma referência de estilo visual duvidosa, Zorro. Também sei lá, mas achei interessante mencionar.

O filme do Zorro é muito ruim, Mihawk rula

O filme do Zorro é muito ruim, Mihawk rula

Gecko Moria: Tenho a impressão de que a aparência do Gecko Moria tem base no Oogie Boogie, mas há elementos nele o qual sou familiar que vou ficar devendo.

Ainda acho que Thriller Bark inteira foi tirada da parte do Kingdom Hearts do universo do Jack

Ainda acho que Thriller Bark inteira foi tirada da parte do Kingdom Hearts do universo do Jack

Fico devendo também alguma coisa sobre a aparência do Kuma e do Jimbei.

[3] WATER SEVEN

Em Water Seven, temos uma forte referência arquitetonica européia, mas na minha opinião, especialmente da cidade de Veneza. Os vilões do CP9 mais uma vez remetem ao tema “Animal” usado constantemente na série. Cada um dos integrantes faz alusão direta ou indireta a um animal diferente:

  • Spandam: Panda
  • Funkfreed: Elefante
  • Rob Lucci: Leopardo
  • Hattori: Pombo
  • Kaku: Girafa
  • Kalifa: Ovelha
  • Blueno: Touro
  • Jabra: Lobo
  • Kumadori: Leão
  • Fukuro: Coruja
  • Nero: Doninha do mar

O cara mais escroto da saga na minha opinião, Spandam, teve sua máscara provavelmente inspirada no lutador na do lutador Mick Foley incorporando Mankind, na WWE.

Undertaker RULA, Mankind SUCKS

Undertaker RULA, Mankind SUCKS

Boa parte dos nomes dos oficiais da Marinha também são provindos de nomes de animais, ou pelo menos trocadilhos. Mais a frente falarei da melhor destas referências. Outros nomes como Kuina, Tashigi, Aisa e Nojiko pertencem a nomes de passaros enquanto há diversos trocadilhos com palavras em japonês e algum elemento do personagem como Hatchan (provindo do número oito vs número de tentáculos) e Kuroobi (significa faixa preta vs estilo de luta do tritão). Como já mencionado e outros virão, Oda inspirou muitos nomes de personagens em piratas reais ou lendários, como Bellamy (Samuel Bellamy, pirata inglês do século 18) e Alvida (Alwida, pirata lendária da Escandinávia)

Mais a frente a lenda usada para falar sobre o espirito das embarcações, Klabautermann, é inspirada numa lenda “real”, que diz-se ser um espírito marinheiro masculino que auxilia as tripulações de navios que realmente merecem, ao invés de ser uma encarnação do navio como em One Piece. Já a locomotiva usada como transporte entre ilhas, Puffing Tom, tem seu nome inspirado na locomotiva mais velha existente, Puffing Billy.

CHU CHU MOTHAFUCKA hHAUhauehuahua

CHU CHU MOTHAFUCKA hHAUhauehuahua

Para finalizar Water Seven, temos o personagem Franky, que possui duas referências que eu não havia notado mas sempre há um japa para notar: o cabelo e trajes de Ace Ventura e os antebraços bizarros e queixo saliente de Popeye. Quanto ao Popeye, acrescentando a semelhança, ambos os personagens tem uma fonte alimentar (coca-cola VS espinafre) como fonte de força.

Popeye, Franky e Ace Ventura, que combinação

Popeye, Franky e Ace Ventura, que combinação

Chegando ao Aokiji, tive a impressão de ter visto algum personagem parecido, e eis que acabo me deparando com um filme que assisti quando era pequeno – Detective Story (que também é uma série), com Yusaku Matsuda (ele também aparece em um filme do Michael Douglas chamado Black Rain hahaha!). As expressões desenhadas pelo Oda deixam muito claro a inspiração no ator, mas só a inspiração do design não é o bastante. Ao apresentar o Akainu e a forma como ele projeta a lava em formato de cão, me lembrei que já havia ouvido o nome dele, e foi então que acabei descobrindo que os 3 Almirantes tem a inspiração do design E do nome gerados da mesma maneira: o design dos três é inspirado em atores assim como os nomes provem de um mesmo lugar, a famosa lenda japonesa de Momotaro. Na lenda de Momotaro, em um determinado momento ele conhece um faisão, um cachorro e um macaco que decide ajuda-lo em sua jornada. Aokiji significa Faisão azul, Akainu Cachorro vermelho e Kizaru Macaco amarelo. Acho que deu pra entender que as cores tem a ver com o elemento das Akuma no mi de cada um (gelo, lava e luz). Tenso. A aparência de Kizaru é notavelmente inspirada no ator Kunie Takada, enquanto não há dúvidas sobre a aparência de Akainu ser inspirada no ator Bunta Sugawara (que teve 3 papéis em sua carreira com o nome Sakazuki presente, nome do almirante Akainu).

Kizaru, Aokiji, Akainu de One Piece, Kunie Takada, Yusaku Matsuda e Bunda Sugawara. Só os mitos.

Kizaru, Aokiji, Akainu de One Piece, Kunie Takada, Yusaku Matsuda e Bunda Sugawara. Só os mitos.

[4] THRILLER BARK

O Triângulo Florian faz alusão á lenda do Triângulo das Bermudas, na qual retrata do desaparecimento de aviões e navios. No caso de One Piece, eles desembocam em Thriller Bark (nome em provavel alusão ao nome do CD do rei do Pop já citado com o Jango). A saga possui uma série de elementos provindos de Tim Burton, principalmente de sua principal obra animada – O Estranho Mundo de Jack. Desde personagens parecidos ás colinas que são mostradas no local. Curiosamente este filme é comprovado como um dos preferidos de Oda.

O castelo de Mihawk, a capa do Mundo Estranho de Jack e uma cena de Thriller Bark. Essas curvinhas não enganam não, sr. Oda

O castelo de Mihawk, a capa do Mundo Estranho de Jack e uma cena de Thriller Bark. Essas curvinhas não enganam sr. Oda

Cindry ser uma serva morto-viva obcecada com pratos é semelhante a Okiku da história de fantasma japonês,“Bancho Sarayashiki” (A Mansão do Prato em Bancho). Para quem quer conferir mais sobre a história, segue um resumo da Wiki. Em muitos links, a galera comenta sobre o doutor Hogback ter seu design inspirado no Pinguim de Batman O Retorno. Bom, lembra. Coisa feia.

Maravilindo esses dois hahahaha

Maravilindo esses dois hahahaha

Não menos importante, o personagem que se junta á tripulação, Brook, um músico com aparência de caveira possui elementos visuais inspirados em uma grande e conhecida figura da cena musical: Slash.

Olha a pose, manolo! Prefiro Buckethead, haters gonna hate

Olha a pose, manolo! Prefiro Buckethead, haters gonna hate

Há quem ouse comparar Hogback, Cindry e Brook aos personagens Dr Finkelstein, Sally e Jack, além de outros. Pode ser, algumas poses do Brook são muito parecidas com as do Jack e os estereótipos usados batem.

Realmente, olhando a imagem, fiquei cabreiro...

Realmente, olhando a imagem, fiquei cabreiro…

[5] A GUERRA EM MARINEFORD

Mais a frente temos o vislumbre de Mariejois. O palácio visto sempre que Mariejois é mostrada tem uma semelhança imensa com o Château de Chambord, localizado na França. Dentre os Gorosei, lideres do governo mundial de One Piece, podemos visualizar 3 que possuem referências na rede sobre semelhanças com lideres de governos reais: o rabino Moshe Feinstein, Mahatma Gandhi e o mais óbvio carequinha com a marca na testa, o ex lider soviético Mikhail Gorbachev.

Chateau de Chambord e Mariejois (que fica em MarifORD)

Chateau de ChambORD e Mariejois (que fica em MarifORD)

O Gorbatchev é indubitável

O Gorbatchev é indubitável

Com relação aos “The Eleven Supernovas“, os piratas que chegaram a Sabaodi com a recompensa de mais de 100.000.000, temos uma série de referências.

  • Capone Bege: Nome provindo de Alphone “Al” Capone, gangster dos anos 20. De acordo com Oda, sua inspiração veio tanto de Capone quanto do corsário Inglês William le Sauvage. Além disso, os dois Capones compartilham a data de aniversário.
Mafia em peso

Mafia em peso

  • Basil Hawkins: Nome combinado de um pirata e um navegador, Basil Ringrose e John Hawkins. Além disso, sua aparência parece ter sido inspirada em Joey Jordison, baterista da banda Slipknot.
Slipknot: A banda com maior número de camisetas usadas por pessoas que não conhecem suas músicas

Slipknot: A banda com maior número de camisetas usadas por pessoas que não conhecem suas músicas

  • Eustass Kid: “Captain” Willam Kidd, um dos mais famosos piratas da vida real. O nome Eustace vem de Eustace o monge, outro pirata. O que eu não vi ninguém mencionar é sobre a aparência de Eustass Kid em relação a Captain Kidd retratado no jogo World Heroes. A roupa é muito parecida além de que a cor oposta de azul (World Heroes) é o vermelho (One Piece), cor do controle 2.
Não parece TANTO assim, mas World Heroes é LOKO

Não parece TANTO assim, mas World Heroes é LOKO

  • Killer: Apesar de não concordar totalmente com esta analogia, vale a pena mencionar. O capacete de Killer é mencionado na internet como semelhante ao capacete do músico francês Guy-Manuel de Homem-Christo da banda Daft Punk. A banda ficou famosa no Japão por sua animação Interstella 5555. Durante esta fase da banda, o músico usava a máscara e ficou notado por este item do figurino.
Ouvi Interstellar 5555 até enjoar. Daft Punk, respect.

Ouvi Interstella 5555 até enjoar. Daft Punk, respect.

  • Jewelry Bonney: Anne Bonny, pirata irlandesa do século 18.
  • Scratchmen Apoo: Chui A-poo, pirata chinês. O nome “Scratchmen” pode ser uma referência ao ato de “arranhar o disco”, uma técnica de DJ em que os sons são manipulados movendo o disco de vinil em cima de uma plataforma giratória (eu não manjo nada disso, então deve estar errado).
  • Urouge: Oruc, pirata turco do século 16, um dos irmãos Barbarossa
  • X Drake: Sir Francis Drake, corsário
  • Trafalgar Law: Edward Low, pirata. Trafalgar é o nome de um cabo no sudoeste da Espanha. Seu nome é de origem árabe, que significa “Cabo Ocidental”. Foi o local de uma batalha naval famosa entre os ingleses e a frota francesa/espanhola durante as Guerras Napoleônicas, batizada de Batalha de Trafalgar. O marco Trafalgar Square, em Londres, é nomeado em homenagem a batalha, além de ser uma classe de submarinos da Marinha Real Britânica.

Ainda em Sabaodi, temos Jean Bart, cujo nome completo é baseado em um corsário francês. Silver Rayleigh, outro personagem introduzido na saga, tem seu nome similar combinado de John Silver, da Ilha do Tesouro e Sir Walter Raleigh, um explorador e corsário Inglês do século XVI. Já Haredas, o tiozinho da ilha voadora dos climas me lembra o mago Merlin.

Merlin em A Espada era a Lei e Haredas

Merlin em A Espada era a Lei e Haredas

Finalizando Sabaodi temos Sentomaru. O nome de Sentomaru contém o kanji para “pêssego“, em referência à história japonesa Momotaro, a partir do qual os nomes de Aokiji, Kizaru e Akainu também são derivados. Ele também é visto comendo pêssegos enquanto espera por Kizaru. Seu design é fortemente baseado no herói do folclore japonês Kintaro (também conhecido como samurai Sakata no Kintoki), que era notado por vestir nada além de um babador, carregando uma enorme machado, e lutar sumô com ursos. Além disso, seu ataque, Ashigara Dokkoi, é um trocadilho com o nome do Mt. Ashigara, o lugar onde Kintaro foi criado.

TENSO DEMAIS...

TENSO DEMAIS…

Na Ilha das Amazonas, temos as três irmãs que possuem o poder de petrificar as pessoas, provindo da figura mitológica da Górgona. A diferença é que na mitologia grega tardia, é mencionada a existência de três górgonas, filhas de Fórcis e Ceto, Medusa, Esteno e Euríale. Boa Hancock tem quantas irmãs? Sua capacidade de seduzir os homens é semelhante ao das sereias mitológicas (Sirens), que seduziam e atraiam os marinheiros para seu túmulo aquático, com a diferença de que as sereias usavam a sua voz ao invés de sua beleza física. Sua tribo, Kuja, sendo uma nação de guerreiras somente mulheres, é fortemente baseada na lenda das Amazonas. E sua relação com Luffy começando com malícia, mas mais tarde se transformando em amizade e, posteriormente, do amor (da parte de Boa Hancock), é uma inversão das relações da rainha das Amazonas Hipólita com Heracles e (em algumas versões) Teseu, ambos começando amigável, mas terminando de uma forma agressiva. Marguerite, Sweet Pea, Belladonna, Kikyo, Aphelandra e outras amazonas tem seus nomes baseados em nomes de flores, assim como o nome da ilha Amazon Lily, soma a inspiração da lenda das amazonas com o nome de uma flor.

Boa Hancock, Sandersonia e Marigold, abaixo um desenho representativo da forma humana de Euriale, Medusa e Esteno

Boa Hancock, Sandersonia e Marigold, abaixo um desenho representativo da forma humana de Euriale, Medusa e Esteno

Para os personagens apresentados em Impel Down, no fator nomes temos uma série de citações:

Ainda sobre o Shiryu, sua aparência é inspirada em Yasunori Kato, vilão da obra japonesa Teito Monogatari. Muitos outros personagens de animes e jogos de  foram baseadas no mesmo design, incluindo M. Bison de Street Fighter 2, e Washizaki de Riki-Oh. O design foi reutilizado e referenciado tantas vezes que é impossível determinar qual personagem, se houver, foi a inspiração real, sem a confirmação do próprio Oda.

Yasunori Kato em Teito Monogatari, Bison representado por Raul Julia (hahaha), Washizaki de Riki-Oh e Shiryu da Chuva

Yasunori Kato em Teito Monogatari, Bison representado por Raul Julia (hahaha), Washizaki de Riki-Oh e Shiryu da Chuva

O okama Ivankov tem sua aparência e maneira de falar semelhantes a ponto de lembrar o personagem Dr. Frank-N-Furter do filme “Rocky Horror Picture Show” de  1975.

Esse é o tipo de coisa que eu podia dormir sem ver hahahaha

Esse é o tipo de coisa que eu podia dormir sem ver hahahaha

Para finalizar esta parte, Sadi-chan seria inspirada na Shermie do The King of Fighters? Hahaha vai saber.

Quando eu vi a Sadi-Chan, não pensei duas vezes pra lembrar da Shermie

Quando eu vi a Sadi-Chan, não pensei duas vezes pra lembrar da Shermie

Falando sobre os piratas que protagonizam a guerra após Impeldown, Edward Newgate ou Whitebeard (Barba Branca) e Marshall D. Teach ou Blackbeard (Barba Negra), temos um conjunto de referências comprovadas. Os nomes Marshall D. Teach e Edward Newgate foram retirados particialmente do suposto nome do real Barba Negra, Edward Teach. Até mesmo o nome do nakama Thatch, morto por Barba Negra, é inspirado em um dos nomes usados pelo pirata real. Falando no design, Barba Negra retrata o estereótipo comum de pirata, com dente faltando, chapéu típico, estilo de roupa e até mesmo a personalidade. O navio do real Barba Negra foi encontrado na Carolina do Norte em 1996 e pode ser uma das principais influências de One Piece, que começou a ser publicado em 1997, visto que Barba Negra é comprovado como o pirata histórico preferido de Oda.

Barba Negra e alguns piratas (o melhor é o Alma Negra, sem dúvida)

Barba Negra e alguns piratas (o melhor é o Alma Negra, sem dúvida)

Já o pirata Barba Branca teve seu design baseado no dono de um bar que Oda costumava frequentar. O dono muitas vezes sentava-se no balcão com equipamento médico ligado ao nariz, bebendo e chamando sake de “remédio” enquanto contava histórias de guerra. A primeira frase mencioanda por Barba Branca em sua primeira aparição: “I’m not talking to any snot-nosed airheads” (como li o mangá em inglês vou ficar devendo a frase em português), é, de fato, uma frase real, muitas vezes dita pelo proprietário aos clientes. Infelizmente, o proprietário do bar faleceu na mesma época em que Oda fez esta revelação.

Finalizando as referências à Edward Newgate, o estilo de barba usada no pirata Brownbeard (Barba Marrom) posteriormente no mangá é o mesmo retratado nos desenhos antigos do Barba Negra real.

Desenho old do Barba Negra real e o Barba Marrom (que nome zuado hahaha)

Desenho old do Barba Negra real e o Barba Marrom (que nome zuado hahaha)

No passado de Ace e Luffy é mostrado o personagem Sabo. O design de Sabo, para mim, sem dúvida, é inspirado no personagem Artful Dodger de Oliver Twist, obra de Charles Dickens. Ele também fazia parte de uma gangue de ladrões de crianças. Sua aparência inclui um colete de um adulto com as mangas arregaçadas e a cartola inconfundível.

Parece, vai

Parece, vai

[6] NOVO MUNDO

O termo Novo Mundo,usado para designar a Grand Line após cruzar Sabaodi, é uma referência ao hemisfério Ocidental, incluindo as Américas e as ilhas caribenhas, que era chamado de Novo Mundo durante a era da exploração Européia, em contraste ao Velho Mundo, ou Hemisfério Oriental na perspectiva mundial eurocentrica. Chegando na ilha dos Tritões, diversas referências ao universo da Pequena Sereia. Pode parecer exagero, mas o Tritão é irrefutável.

O que pega é o tridente

O que pega é o tridente

Mas o que me impressionou foi a referência da história biblica de Noé, a Arca (que foi dada como nome de Noah = Noé). Foi quando me toquei que há outras histórias famosas da Biblia citadas em One Piece, como Jonas e a baleia e até mesmo a história do rei pirata Gol D Roger e seu filho VS a história sobre como, para evitar que o novo rei dos Judeus, Jesus, nascesse, o rei Herodes mandou matar todos os bebes nascidos naquela região. É nesta ilha que confirmei a alusão bíblica de Adão e Eva nos nomes das árvores mais importantes do universo de One Piece.

As arcas

As arcas

Ainda nesta ilha, temos a mostra direta da lenda do Holandês Voador em pessoa. O mais interessante foi descobrir que o nome de Vander Decken, capitão do navio, foi nomeado com base na primeira versão da lenda, publicada na “Blackwood’s Edinburgh Magazine”, que nomeia o Holandês Voador como Capitão ‘Van der Dekken‘.

O que aparece no Bob Esponja é o mais dahora hahaha

O que aparece no Bob Esponja é o mais dahora hahaha

Hody Jones, vilão da saga, tem seu nome provavelmente provindo de “Davy Jones“, apelido dado para o que pode ser o demônio ou deus dos mares. A lenda é retratada de várias formas, inclusive no filme Piratas do Caribe, cuja figura principal é uma mescla entre um ser humano e uma sépia. Davy Jones pode estar mencionado na “Davy Back Fight” desafio do deus dos mares retratado no mini-arco de Foxy.

Uma representação famosa de Davy Jones e Hody. Lembrando que eles não se parece

Uma representação famosa de Davy Jones e Hody. Lembrando que eles não se parecem

Em Punk Hazard temos uma alusão ao desastre nuclear de Chernobyl e aos experimentos da Segunda Guerra Mundial, em alguns pontos como o formato do isolamento, as roupas usadas e até mesmo uma ironica amostragem dos experimentos realizados na ilha. Seu “rei”, Caesar Clown tem um nome muito curioso por sinal, que casa totalmente com sua personalidade e papel no roteiro. Caesar era o titulo usado pelos imperadores romanos, derivado do nome de Julius Caesar. Já Clown significa Palhaço, porém também é retratado como Crown, que significa coroa. Caesar Clown é o rei autoproclamado e, em sua forma Shinokuni, ele obtém uma coroa, apesar do fato de somente ele acreditar que era rei de alguma coisa. Enfim, muito curioso. Finalizando esta curta saga, temos o personagem Momonosuke, que possui uma possivel referência dupla, seu nome provindo do termo japonês momo-iro, que significa cor de pêssego, e sua aparência, que me lembra Shenlong, do Dragon Ball (assim como muitos outros dragões).

Quando eu vi o Momonosuke, eu ri, Oda, eu ri

Quando eu vi o Momonosuke, eu ri, Oda, eu ri

Em Dressrosa, temos o coliseu romano, seus gladiadores, lutadores, sangue e platéia.

Eu morria direto no coliseu do Castlevania Symphony of the Night, mas depois de zerar mais de 10 vezes agora eu domino

Eu morria direto no coliseu do Castlevania Symphony of the Night, mas depois de zerar mais de 10 vezes agora eu domino

Mesmo curta até o momento, temos mais uma referência notável, ás Viagens de Gulliver. Esta cena:

Gulliver e Nico Robin, que faz a alegria da galera

Gulliver e Nico Robin, que faz a alegria da galera

Quanto a personagens e para finalizar este mega-post, temos 2. O personagem Cavendish compartilha seu nome com o navegador Thomas Cavendish, um explorador Inglês e corsário. Por último, Fujitora, o último integrante da marinha apresentado. Está claro a inspiração foi Shintaro Katsu, mas especificamente em seu papel como Zatoichi, um espadachim cego, que carrega uma espada-bengala para andar e lutar e ama apostar, jogar, assim como aparentemente Fujitora.

Zatoichi é genial, recomendo

Zatoichi é genial, recomendo

Com certeza existem bem mais referências dentro de One Piece, se eu não estiver enganado. Posso não me recordar de mais coisas ou mesmo não ter sabedoria e cultura tão vasta quanto mestre Oda para descobrir mais origens. Conhece outras referências, comenta ai! Enfim, me despeço e espero que este tenha sido um post agradável ou no mínimo interessante. Um abraço!

BONUS TIME

Freddy Mercury e Peeply Lulu

Freddy Mercury e Peeply Lulu

Steve Ray Vaughan e Portgas D. Ace

Steve Ray Vaughan e Portgas D. Ace

Harvey Keitel e Rob Lucci

Harvey Keitel e Rob Lucci

Alguns links para mais informações:

http://news.bbgsite.com/content/2012-03-23/reveals-of-role-models-in-one-piece_1.shtml

http://narutobase.net/forums/showthread.php?t=106009

http://forum.xpg.uol.com.br/topic/61173-monstros-mitologicos-de-one-piece/

http://forum.gamingforce.us/index.php/topic/68804-real-life-one-piece-look-alikes/

http://onepiece.wikia.com

http://www.pieceproject.pgx.com.br

Anúncios

13 pensamentos sobre “Referências de outros universos em mangás – One Piece

  1. Mano que post bacana, parabéns, muitas eu já sabia e muitas não tinha ideia. Só tem um errinho aí, a banda que as pessoas mais usam camisetas sem conhecer o som são os Ramones. Hahahaha

  2. Esqueceu de falar das partes que eles poe referencia nas bandeiras tipo a do ep 4

    A entrega do chapéu-de-palha!

    Minuto > 15:24

    Referencia > God of War

  3. não se esqueça da mais grandiosa revelação que as 13 familias dos tenryubitos faz referencia as 13 familias dos iluminati

  4. Tambem acredito que as aevores sagradas do paraíso de Adão e Eva tenham muito a ver com a origem das akumas e dos D’s. Assim como na Bíblia o fruto era proibido e dava a quem o comece sabedoria e inteligência, e em OP dão puderes, representava também o pecado e a força dos demónios em quem desejava o fruto ( akuma)! Muito bom este post! Parabéns, li até ao fim e fiquei triste quando acabou! Fantástico!

  5. Hello, I am writing from Alaska. I wish I could speak your language, and I hope you can understand English. I was wondering if you sell copies of your work? I am a fan of Zatoichi. Do you have prints of your rendition of Zatoichi?

    Many thanks and congratulations on your fine work,

    George
    Alaska

  6. Mais uma pequena referência que acredito existir é o nome do Franky!

    Franky = abreviação de Frankenstein, lembrando que ele “voltou a vida” com partes mecânicas

  7. Velho, essa da Alusão bíblica de Adão e Eva eu peguei na hora, mas estranhamente é algo que o fandom completamente ignora! Escreva o que eu estou dizendo (digitando), o momento em que as árvores entrarem em destaque será para esclarecer de vez o mistérios das Akumas no Mi/Frutos do Demônio, no melhor estilo Gênesis.
    Quanto às referências externas eu acho que a maioria está aí, faltando coisas como a questão da Terra Santa entre os palestinos e israelenses em Skypea, o ritual do Fumi-e que era usado para identificar cristãos pelos perseguidores xintoístas do (acredito eu) Bakumatsu (aquilo lá de pisar no retrato, respectivamente com Otohime/Jesus), a menção do palácio Ryuugu e Otohime, figuras que saíram direto da lenda de Momotaro, entre alguns outros exemplos.
    Mas tanto quanto as referências externas, as internas também tornam One Piece este mangá tão rico, o que eu não vou listar para evitar que essa wall of text se torne maior ainda.
    Bom artigo, parabéns.

    • Olá Gustavo,

      Obrigado pelo elogio! Realmente a estória da infância se assemelha muito a do Tom Sawyer, não havia notado essa semelhança. Tem outras várias referências que acabei descobrindo após o post, mas por se tratar de muita coisa, acabei mantendo somente as que havia encontrado na época que li One Piece. De qualquer forma, se achar mais alguma coisa sinta-se a vontade para comentar.

      Um abraço!

Comenta aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s